Culto ao corpo – Parte 1

Talvez eu não seja a pessoa ideal para falar sobre este assunto, pois ainda não estou 100% satisfeita com meu corpo, mas senti a necessidade de dissertar sobre a minha trajetória.Nunca fui daquelas crianças maravilhosas , com seus longos cabelos que os pais levam pra fazer teste de comercial , eu sempre fui a gordinha do cabelo curtinho e falante. Sempre tive uma boa alimentação quando criança e minha mãe controlava frituras e doces.Quando eu tinha oito anos , estava passando por momentos emocionais e coloquei a solução na comida. Minha mãe ficou mais liberal, e o exagero começou de forma descontrolada.Foi então com dez anos , que meu pediatra mandou a real , para minha família e disse que eu estava obesa.No começo foi um choque , mas eu aceitei bem que tinha que fazer a dieta . Foram dois meses sacrificantes e de muita luta para uma criança, principalmente porque meu paladar estava alterado. No fim valeu a pena e eu emagreci dez kilos .

Mas o tempo passa, as pessoas mudam e eu mudei também. Surgiram outros problemas e eu voltei a descontar a culpa na comida. Só que agora eu era pré-adolescente, tinha uma liberdade maior e minha mãe não podia me controlar do mesmo jeito . Engordei novamente na mais conturbada de qualquer pessoa. Os meninos não me olhavam , não me admiravam e cada vez mais eu me sentia feia . Foi então que com dezesseis anos eu decidi mudar, após uma  crise ( talvez um início de depressão ) .Eu emagreci novamente, fiquei com um corpo bonito e muito admirado . Criei uma conta no Instagram o @transformafitness que dava diversas dicas de dieta, musculação e treino para motivação pessoal. Coloquei silicone , comecei a namorar e dei aquela relaxadinha básica (engordei novamente alguns kilos). Porém a diferença é que dessa vez , eu tinha a memória muscular , treinava muito , então meu corpo não ficou flácido , caído ,eu engordei e ele continuou bonito.

Esse ano eu não me dediquei ao corpo como nos outros, eu realmente taquei o foda-se e não me importei . Se tinha uma festa eu dava uma secada, se não paciência . Comi o que eu sempre tive vontade, bebi bem e treinei algumas vezes. Se eu me arrependo ¿ nem um pouco. Agora no final do ano eu resolvi voltar , com a dieta e treino por questão de estética e foco .  Mas a minha cabeça não é a mesma de dois anos atrás, eu não vou dar a louca e deixar de comer um doce ou beber quando eu estou com vontade. Se eu acho meu corpo lindo e morro de amores  ¿ não , mas com calma e paciência ele chega . E além do mais eu me privar de um doce , não vai deixar ele mais bonito ou do jeito que eu acho ideal , mesmo quando eu era magra eu não amava ele . O importante é a sua cabeça e a sua aceitação pessoal. Pela primeira vez eu fui na praia com meus amigos e fiquei de biquine , que na minha vida é uma grande mudança .

Beijos Maitê

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s